ERP

Você sabe o que é o ERP? Conheça esse sistema e seus benefícios!

O Enterprise Resource Planning (ERP) ou Planejamento dos Recursos da Empresa é um modelo de software que ajuda a reduzir erros e aumentar a eficiência das pequenas e médias empresas.

ERP: o que é?

São ferramentas que ajudam as organizações a pensarem seus processos internos, através de um banco de dados com informações estratégicas.
É um software que integra dispositivos de contabilidade, finanças, recursos humanos, entre outros setores com o intuito de automatizar as tarefas e melhorar a gestão empresarial.

Organiza as demandas da companhia e registra informações de fornecedores, clientes, colaboradores, produtos e finanças. E até auxilia na emissão da nota fiscal eletrônica.

Os erros serão menos frequentes, pois todos os dados serão lançados no sistema e interpretados de maneira simples e rápida, facilitando a compreensão das informações financeiras e contábeis.

Esse método também permite a integração com as áreas de compra e venda, permitindo que o gestor tenha um controle muito maior de toda a operação. Pois quando o produto é lançado, o financeiro automaticamente recebe as informações necessárias para o pagamento.

ERP: como funciona?

É criado a partir de uma única base de dados, que é dividida por módulos para contemplar os diversos setores dentro da empresa. Eles conversam entre si para oferecer mais agilidade e ter menos erros.

O ERP não é um modelo único. Varia de acordo com o segmento, pois pode ter funcionalidades diferentes. Por esse motivo, você deve encontrar aquele que oferece as aplicabilidades que atendem as suas demandas.

ERP: quais os benefícios do software para as empresas?

As vantagens são muitas. A principal delas talvez seja a possibilidade de ampliar a visão do próprio negócio. Além de criar relatórios mais detalhados que contribuem para melhores resultados.

Redução de custos

Devido ao aumento do controle sobre todas as atividades, os custos são reduzidos. Fica mais fácil ver quais os itens que estão próximos do vencimento, pensar em uma promoção, evitando a sua perda. Os gastos com matéria-prima também diminuem;

Aumento da produtividade

Como as tarefas ficam automatizadas, diminui o trabalho manual, o que melhora o cumprimento dos prazos de entrega, diminui a necessidade de contratar mais profissionais e reduz os custos de TI;

Controle sobre os processos

A integração das atividades gera um aumento do controle do gestor sobre os acontecimentos da companhia. Isso auxilia na identificação dos problemas e na melhor maneira de solucioná-los e administrar a empresa melhor;

Eficiência na gestão tributária

Auxilia no cumprimento da legislação tributária e fiscal, ajudando a pagar os impostos de forma correta, evitando multas;

Segurança dos dados

Como todas as informações ficam armazenadas no mesmo espaço, reduz a chance de perda e de demora para localizar algum dado.

Gostou do texto? Veja como a DHoffmann pode assessorar na implantação e parametrização financeira de ERPs. Acesse o nosso site e contate-nos!

Leia também: Por que sua empresa deve implementar Indicadores de Performance? Saiba mais!

No Comments

Post A Comment

1
Olá, como podemos te ajudar?
Powered by